Consulte aqui seus valores a receber e recupere dinheiro esquecido nos bancos

Se você é como a maioria das pessoas, provavelmente tem contas em diversos bancos e instituições financeiras. Às vezes, pode ser difícil acompanhar todas as suas contas e transações, especialmente se você não usa algumas delas com frequência.

É por isso que muitas vezes podemos acabar deixando dinheiro “esquecido” em uma conta ou instituição financeira sem perceber.

Felizmente, o Banco Central (BC) está reabrindo a consulta a cerca de R$ 6 bilhões esquecidos nos bancos, o que pode ajudá-lo a recuperar o dinheiro que você esqueceu.

Neste post, vamos explorar como funciona essa consulta e como você pode reinvindicar o dinheiro que tem direito a receber.

O que é o Sistema Valores a Receber do Banco Central?

O Banco Central implementou uma inovadora solução chamada Sistema de Valores a Receber (SVR), a qual tem como objetivo ajudar clientes a recuperarem dinheiro que deixaram em instituições financeiras e acabaram se esquecendo.

O SVR é disponibilizado para 38 milhões de pessoas físicas e 2 milhões de empresas (CNPJs), contendo aproximadamente R$ 6 bilhões em valores a receber.

Desde abril de 2022, a possibilidade de consulta e saque dos valores estava suspensa, mas agora esses serviços foram reabertos.

Caso você suspeite que tenha dinheiro esquecido, pode verificar se tem direito a recuperá-lo. É importante ressaltar que herdeiros e representantes legais de falecidos também podem solicitar o saque dos recursos.

Vale destacar que, em caso de contas conjuntas, quando um dos titulares solicitar o valor por meio do SVR, o outro titular também terá acesso às informações da solicitação. Portanto, é importante que ambas as partes estejam cientes e de acordo com a realização do saque.

Como consultar os valores a receber? Passo a passo

Veja como verificar se você tem valores a receber e solicitar sua devolução:

Passo 1: Acesse o site oficial

Para começar, acesse o site https://valoresareceber.bcb.gov.br, que é o único site autorizado pelo Banco Central para verificar se você tem valores a receber e solicitar sua devolução.

Passo 2: Escolha se deseja consultar CPF ou CNPJ

Ao acessar o site, você terá a opção de escolher se deseja consultar um CPF ou CNPJ.

Preencha as informações solicitadas, como a data de nascimento da pessoa física ou a data de abertura da empresa. Em seguida, clique em “consultar”.

Passo 3: Verifique se há valores em aberto

Se a consulta retornar resultados positivos, isso significa que há valores em aberto e você poderá solicitar a devolução.

A partir do dia 7/3 às 10h, você poderá acessar novamente o Sistema de Valores a Receber (SVR) pelo site do Banco Central para receber instruções de saque.

Passo 4: Siga as instruções para solicitar a devolução dos valores

Uma vez que você esteja no SVR na data divulgada, siga as orientações para solicitar a devolução dos valores em aberto. É importante seguir todas as instruções com cuidado para garantir que sua solicitação seja processada com sucesso.

Dicas para não cair em golpes.

Para garantir a segurança das suas informações e evitar cair em golpes, siga estas dicas:

  1. Não faça pagamentos para acessar os serviços do Valores a Receber

Todos os serviços do Valores a Receber são gratuitos. Portanto, não faça nenhum tipo de pagamento para ter acesso aos valores em aberto. Se alguém pedir dinheiro para fornecer informações sobre valores a receber, desconfie.

  1. Não confirme seus dados pessoais para estranhos

O Banco Central não entra em contato com você para tratar sobre valores a receber ou para confirmar seus dados pessoais. Portanto, se receber uma mensagem ou ligação suspeita solicitando suas informações, não forneça nada e denuncie imediatamente.

  1. Não compartilhe sua senha com ninguém

Somente a instituição que aparece no Sistema de Valores a Receber pode entrar em contato com você, e ela nunca irá pedir sua senha. Portanto, não compartilhe sua senha com ninguém, pois isso pode comprometer a segurança dos seus dados pessoais.

  1. Não clique em links suspeitos

Não clique em links suspeitos enviados por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram. Golpistas usam esses meios para enviar links maliciosos que podem roubar suas informações pessoais. Sempre verifique a fonte da mensagem e desconfie de links encurtados ou que levam a sites desconhecidos.

Seguindo essas dicas, você poderá se proteger de golpes e garantir a segurança das suas informações pessoais.

Esperamos que você tenha algum valor a receber esquecido no banco e que este post tenha sido útil para te gerar um dinheiro inesperado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


três + 15 =